O que você está procurando?

No último sábado, 26 de janeiro de 2019, eu estive no Vale dos Vinhedos a convite da Casa Valduga para participar do Wine Experience junto com outros blogueiros de viagem de Porto Alegre.

Eu fiquei muito feliz com o convite porque eu sou apaixonada pela Serra Gaúcha e região do Vale dos Vinhedos e, além disso, eu já conhecia a Casa Valduga e tinha adorado!

Aqui no blog tem um post aqui falando mais sobre o tour pela cave e degustação que eu fiz em abril de 2017, para ler é só clicar aqui.

A Casa Valduga

A Casa Valduga é uma das principais vinícolas do Brasil. E mesmo tento uma super estrutura, eles conseguem preservar a tradição familiar.

A foto abaixo é um dos meus cantinhos favoritos da vinícola, que até parece um cantinho charmoso da Toscana.

Parrerais centenários

Olha que legal! A Casa Valduga está entre os 1000 lugares para conhecer antes de morrer, de acordo com o livro da New York Times.

Wine Experience

Nós fomos (muito bem) recebidos pelo Lucas Simões, enólogo da Casa Valduga, que foi quem nos acompanhou durante toda a experiência.

O Wine Experience funciona basicamente em três etapas:

  1. Vinho Base
  2. Vinhos
  3. Espumantes

Etapa 1: Vinho Base

A programação já começou muito bem! Pegamos uma jardineira até um pavilhão onde acontece boa parte do processo de elaboração do vinho.

Esse lugar fica a apenas 200m da vinícola e funciona apenas nos meses de janeiro, fevereiro (pico da safra) e março, abrangendo justamente a época da Vindima.

Eles recebem 2 milhões de quilos de uva nesses três meses e é lá que o vinho é elaborado. Ou seja, depois da colheita, as uvas vão pra lá e iniciam o processo de vinificação. Estou escrevendo de forma simplificada, pois são muitas etapas até o vinho ficar pronto!

Nesse lugar nós degustamos dois vinhos (Chardonnay e Glera) que estavam em processo de elaboração e o legal é que nós mesmos extraímos direto do tanque.

Da esquerda pra direita: Lucas Simões (enólogo Casa Valduga), Caroline Abreu (Parece Óbvio), Leonardo Menezes (Barbadas Pelo Mundo), Gabriela Meirelles (A Gabi Pelo Mundo), Aline Machado (Sem Pressa de Voltar), eu, Priscila Azevedo (Barbadas Pelo Mundo) e Henrique Batezini (Parece Óbvio)

Pegamos a jardineira novamente, contornamos parte dos vinhedos e fomos para a cave, que é a maior da América Latina.

Etapa 2: Vinhos

Lá nós degustamos mais dois vinhos direto da barrica de carvalho:

Leopoldina Gran Chardonnay DO

O Leopoldina Gran Chardonnay DO é considerado um dos 10 melhores do mundo entre os chardonnay!

Cabernet Franc

Cabernet Fran é uma das minhas uvas favoritas!

Enquanto terminávamos de degustar os vinhos nós fomos para os parreirais, que estavam ainda mais lindos nessa época do ano!

Essa foi a minha primeira vez no Vale dos Vinhedos durante a Vindima (época da colheita da uva), então  foi uma visita super especial.

Etapa 3: Espumantes

Retornamos para a cave e degustamos dois espumantes:

130

O espumante 130 foi produzido inicialmente em 2005 em homenagem aos 130 anos da imigração italiana no Brasil.

Sur Lie

Um nature bem diferente de todos que eu já experimentei. Inclusive foi eleito duplamente o melhor espumante nature do Brasil.

O Sur Lie é um espumante sem dégorgement e o grande diferencial é que ele continua envelhecendo por tempo indeterminado. O processo só é interrompido quando a gente abrir a garrafa, que inclusive não tem rolha, é uma tampa metálica (como a de uma cerveja).

Espumante Sur Lie

Restaurante Maria Valduga

Pra deixar a experiência ainda mais completa, encerramos a programação com um almoço delicioso no Maria Valduga, um restaurante que também fica dentro do complexo da Casa Valduga e que homenageia a matriarca da família. Para ver o post com mais detalhes do restaurante é só clicar aqui.

Curiosidades sobre a Casa Valduga

  • Além de uma horta, eles têm uma padaria própria para consumo da pousada e do restaurante (que não é aberta ao público);
  • A Casa Valduga produz aproximadamente 1,4 milhões de litros de vinho por ano, sendo o espumante responsável por 50% dessa produção;
  • A Casa Valduga utiliza o método champenoise (tradicional) na produção dos espumantes;
  • O complexo recebe 150 mil visitas ano, sendo que 50 mil pessoas fazem o tour tradicional pela cave e degustação;
  • A Casa Valduga é primeiro complexo de enoturismo no Brasil, com vinícola, restaurante e hospedagem;
  • Hospedagem: dentro do complexo da Casa Valduga tem 5 chalés e 24 apartamentos no total;
  • A Famiglia Valduga é composta por 6 empresas: Casa Valduga, Cervejaria Leopoldina, Casa Madeira, Delicatessen, Nero, Vinotage e Domno Importadora.

A experiência

Foi um dia incrível, uma experiência maravilhosa do início ao fim! A Casa Valduga é um daqueles lugares que a gente vai embora já querendo voltar. ♥

Fiquei com ainda mais vontade de me hospedar por lá!

E para completar, cada um ganhou um espumante Sur Lie de presente! Amei!

Mais informações

  • Enoturismo: a Casa Valduga tem a opção de visita tradicional (R$ 40 e ganha uma taça de cristal personalizada), curso de degustação (Segredos do Mundo do Vinho, R$ 100 e também ganha uma taça de cristal personalizada), dois cursos de harmonização (Sabores do Mundo do Vinho, R$ 240 e Queijos & Vinho, R$ 120), e as experiências (Wine Experience, R$95,  Festa da Vindima e My Exclusive Champenoise com preços sob consulta);
  • A Aline Machado, do blog Sem Pressa de Voltar também fez um post relatando a experiência do tour no blog dela. Pra ler é só clicar aqui.
  • Endereço: Via Trento 2355 – Linha Leopoldina | Vale dos Vinhedos – Rio Grande do Sul;
  • Mais informações sobre a vinícola aqui.

Para ver o destaque dos stories lá no Instagram é só clicar aqui. E para ler o post de 2017 com mais detalhes da vinícola e o tour pela Casa Valduga + degustação é só clicar aqui.

*O tour Wine Experience foi feito à convite da Casa Valduga.

One Reply to “Wine Experience da vinícola Casa Valduga: uma degustação de vinhos e espumantes diferenciada no Vale dos Vinhedos”

  1. Vale dos Vinhedos | Restaurante Maria Valduga - Meu mapa-múndi says: 28/01/2019 at 22:58

    […] sábado, dia 26 de janeiro de 2018, e participei do Wine Experience. Foi incrível e contei tudo em post aqui no blog, além de ter salvo um destaque dos stories lá no […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">html</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*