Quando comecei a gostar mais de vinho, de 2016 pra cá, eu incluí Mendoza na minha bucket list e, para a minha sorte, acabei conhecendo o destino em uma viagem a trabalho (pelo Point da Neve) em agosto do ano passado. ♥

Já escrevi o post Quase tudo sobre Mendoza, na Argentina aqui no blog, além de outros com dicas de gastronomia e hospedagem na região de Maipú.

O Rosell Boher Lodge vai além da hospedagem. É uma experiência completa para quem deseja dormir e acordar no meio dos vinhedos e ter a oportunidade de fazer degustação de vinhos, espumantes e jantar harmonizado.

Para quem se pergunta onde ficar em Mendoza, eu super indico pelo menos uma noite em uma vinícola. Ainda mais se tiver vista para a Cordilheira dos Andes. É incrível!

Vista para a Cordilheira dos Andes

Rosell Boher Lodge

Em uma das noites em Mendoza nós ficamos hospedados em Rosell Boher Lodge, localizada em Agrelo, um distrito de Luján de Cuyo que fica a uns 40km do centro da cidade de Mendoza.

Além de ser uma vinícola familiar, ela pertence aos mesmos donos de Cerro Bayo, uma estação de ski e snowboard na Patagônia Norte, também da Argentina.

A Rosell Boher é famosa pelos espumantes, que usam apenas o método tradicional de produção (champenoise), mas eles também têm produção de vinhos e azeites. Nesse lugar onde estávamos ficam a maior parte dos vinhedos e o hotel. Em um outro terreno, a uns 30min de lá, tem a planta de produção dos vinhos e espumantes, que é o Cavas Rosell Boher.

A estrutura do lugar é linda, com lodges espalhados pelos vinhedos, piscina externa (que abre de setembro à abril), uma cave maravilhosa e histórica, além de uma casa central para confraternização, que é a área comum onde é servido o jantar e café da manhã.

Casa central, com recepção e local para confraternização, refeições…
Casa central vista de um outro ângulo

  

Os lodges

Os lodges são todos bem reservados e têm diferentes configurações. Nós ficamos em um que é para duas pessoas, tendo opção de ser uma cama de casal ou duas singles, mas na ocasião foi adaptada para três pessoas.

O nosso lodge tinha três andares:

  • O andar de baixo, uma sala com cozinha bem completa (incluindo adega) e a saída é para os fundos (que é por onde levam e buscam as nossas bagagens).

  • O andar do quarto, com as camas, lareira, banheiro, banheira e saída para a área externa, com uma vista linda para um lago e vinhedos.

Amenities orgânicos
A vista do nosso quarto
  • O terraço, com jacuzzi externa e uma área incrível para curtir o pôr ou nascer do sol.
Amanhecer com a Cordilheira dos Andes em último plano

Jacuzzi, no terraço do nosso lodge
Área externa, na frente do nosso lodge
Área externa, na frente do nosso lodge

Degustação na cave

Depois de nos instalarmos nos lodges e antes do jantar, fomos conhecer a cave da Rosell Boher.

O lugar é lindo e eu escrevi um post contando como foi a experiência. Pra ler é só clicar aqui.

Jantar harmonizado

O nosso jantar foi um menu de três passos, harmonizado com os vinhos e espumantes da Rosell Boher. Estava delicioso!

Para saber mais detalhes é só conferir o post que eu escrevi exclusivamente sobre a degustação de espumantes e o jantar harmonizado.

Café da manhã

Como comentei lá em cima, o café da manhã é servido na casa principal, com essa vista das fotos abaixo.

Café, chás, sucos naturais, frutas, frios, pães, medialuna, geléias (produzidas por eles), ovos mexidos (eles faziam na hora), cereais, alfajor, bolos… O café da manhã era super completo e delicioso. Eu amei!

Amei a experiência completa! A hospedagem é incrível, gastronomia e bebidas maravilhosas e o atendimento impecável. Fiquei hospedada por lá uma única noite e não foi fácil ir embora. Eu com certeza ficaria mais tempo!

Mais informações

  • Endereço: Servidumbre de Paso S/N entre Ruta Prov 86 y Ruta 7 – Mendoza
  • Para mais informações sobre a hospedagem, degustação, preços e horários, consulte o site da Rosell Boher Lodge.
  • A Rosell Boher tem um outro endereço, que é onde acontece a produção dos vinhos. Lá também é possível visitar e fazer degustações. Para mais detalhes, consulte o site da própria Rosell Boher.

*A viagem para Mendoza fez parte de um Fam Tour para Las Leñas e eu fui representando a empresa que o trabalho, o Point da Neve.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">html</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*