O que você está procurando?

Como já comentei aqui no blog, os passeios em Jeri basicamente se dividem em lado leste e oeste, sendo que cada um tem duração em torno de 5 ou 6h com diversas atrações.

Nós optamos por um passeio privativo e saímos da vila de Jeri por volta das 8h30.

Confira abaixo como foi o roteiro desse dia incrível:

Árvore da Preguiça

Nativa da região e isolada em meio às areias do Parque Nacional de Jericoacoara, a Árvore da Preguiça fica bem próxima ao mar.

Existem várias lendas a respeito dela, mas a verdade é que, em função dos ventos fortes ela acabou crescendo curvada, como se estivesse deitada.

Praia do Preá

Preá pertence à Cruz, que é onde fica o aeroporto que chegamos na região. Passamos rápido por lá, mas a praia pareceu muito legal.

O destino é bastante procurado para a prática de windsurf e kitesurf.

Buraco Azul (ou Lago Azul)

Também conhecido como Buraco Azul ou Lago Azul, o destino acabou virando ponto turístico recentemente, em meados de 2019.

O buraco foi feito em função da retirada do barro para a construção de uma estrada da região. Devido às chuvas intensas durante o inverno passado, os buracos ficaram cheios e com essa coloração turquesa por causa do tipo de solo da região.

A coloração da água é linda, um azul turquesa bem impressionante!

Achei linda essa paisagem com os cajueiros lá atrás.

São dois buracos com água turquesa. Esse que visitamos é em Castelhano (Aracaú), e o outro é em Caiçara (no distrito de Cruz). Os dois buracos ficam em propriedades privadas.

Lagoa Azul

Essa parte do passeio é opcional, mas eu recomendo!

Para fazer a travessia de barco até o outro lado, onde tem um restaurante e uma prainha, paga-se R$ 10 por pessoa (R$ 5 ida e R$ 5 volta)

 

A lagoa não estava azul, mas foi um paraíso particular. Não tinha mais ninguém por lá além da gente.

Esse foi um dos lugares que eu mais gostei de ter conhecido.

Parada extra!

O nosso guia fez uma parada extra antes de chegar na Lagoa do Paraíso.

Deixamos o carro na trilha/estrada e seguimos a pé por um caminho (foto da esquerda). Poucos metros depois encontramos alguns cajueiros e comemos o caju direto do pé (foto do meio). Esse caju é bem diferente do que eu conhecia, eu gostei muito.

Também experimentei murici (foto da direita), que é essa frutinha pequena típica do sertão.

 

Caminhamos uns metros a mais e nos deparamos com essa lagoa linda abaixo.

E subindo a duna avistamos a pequena lagoa abaixo, que é a Lagoa do Coração.

Lagoa do Paraíso

Depois seguimos até a Lagoa do Paraíso, que é um dos destinos mais procurados por quem visita a região.

A água da Lagoa do Paraíso tem tons lindos!

The Alchymist Beach Club

O principal restaurante é o Alchymist, um beach club bem famoso por lá.

O ingresso para entrar custa R$ 20 por pessoa e você pode passar o dia por lá. A estrutura é enorme e algumas coisas são “de graça”, como as cadeiras comuns e as disputadas redes na água.

Outras áreas custam R$ 50 ou R$ 100, ambas por pessoa e por dia, sem reverter em consumação.

Pelo que eu vi nas fotos, esse lugar tinha uma estrutura linda antes, mais com a cara de Jeri.

 

Eu fui, conheci, mas não achei a minha cara. Era domingo e estava cheio, mas talvez em dia de semana seja mais tranquilo…

Chez Loran

Depois de conhecer o Alchymist nós seguimos até o Chez Loran, restaurante e pousada.

O lugar é mais rústico e aproveitamos para almoçar por lá, mas não gostamos muito da comida.

 

Era domingo e, em geral, os restaurantes da Lagoa do Paraíso estavam bem cheios, embora não apareça nas fotos. Eu indicaria ir em algum dia da semana.

Lagoa do Amâncio

O último passeio do dia foi em um dos lugares que eu mais queria conhecer em Jeri: a Lagoa do Amâncio.

Quase um deserto. O deserto de Jeri.

As paisagens são semelhantes aos Lençóis Maranhenses. O nosso guia disse que chamam de “Fronhas Cearenses”, haha.

 

Muito vento, muita areia nos olhos e um dos lugares mais lindos que eu já vi.

Barrinha

A Barrinha é um plus, um destino que, de uns tempos para cá, algumas pessoas estão incluindo no roteiro do lado leste, para fechar o dia com um pôr do sol no meio das dunas e coqueiros, inclusive citei em um post aqui no blog como uma das opções de lugares para curtir o pôr do sol em Jeri (e região).

Eu acabei conhecendo a Barrinha em outro dia e fui apenas para curtir o final da tarde, mas infelizmente pegamos o tempo nublado e não teve pôr do sol.

 

Se você estiver por lá e com tempo, aproveite para conhecer o Komaki, um restaurante que fica na beira da praia e é famoso pela lagosta.

 

Eu não comi nada por lá, mas pedi uma caipirinha de caju que estava maravilhosa!

Que dia incrível! Que paisagens sensacionais!

Eu super recomendo incluir Jericoacoara nos seus planos de viagem pelo Brasil!

Mais informações

  • Valor: R$250 o passeio privativo para até 4 pessoas; Caso você opte por um passeio compartilhado, sai R$ 50 por pessoa; Caso você queira conhecer a Barrinha, que geralmente não está incluso no passeio, combine o valor com o guia;
  • Duração: Ao todo o passeio dura mais ou menos 5 ou 6h;
  • Os passeios geralmente saem às 9h, mas como optamos pelo tour privativo nós tivemos a liberdade de sair mais cedo. Isso é ótimo porque acabamos chegando antes dos outros nas atrações;
  • O ponto de partida do passeio é o próprio hotel que você estiver hospedado;
  • Se puder, evite finais de semana;
  • Eu fiz todos os passeios (e transfer do aeroporto – Jeri – aeroporto) com o Raul e super recomendo o trabalho dele. Ele é super atencioso e tira ótimas fotos. Você pode fazer contato com ele através do Instagram (@jerioffroad4x4) ou pelo número +55 88 99906 0792.

É importante ter em mente que as lagoas dependem da água da chuva. Eu fui em outubro e tive muita sorte de ir após um período de chuvas intensas que garantiram que as lagoas ficassem cheias por muitos meses.

Para conferir mais posts com dicas de Jeri, clique aqui.

Para mais dicas e stories, siga o Meu mapa-múndi no Instagram.

4 Replies to “O que fazer em Jericoacoara, Ceará | Passeio Lado Leste: Árvore da Preguiça, Preá, Buraco Azul, Lagoas Azul, Paraíso, Amâncio e Barrinha”

  1. Deyse Marinho de Abreu says: 22/05/2020 at 19:11

    Que blog lindo, visual, encantador. Esse texto “O que fazer em Jericoacoara, Ceará | Passeio Lado Leste: Árvore da Preguiça, Preá, Buraco Azul, Lagoas Azul, Paraíso, Amâncio e Barrinha” está completo e bem informativo, parabéns! As fotografias estão divinas!

  2. Mairim says: 23/05/2020 at 09:17

    Eu amei esse post, essa semana estava falando com uma amiga sobre Jeri, queremos ir pra lá esse ano, se der. ou 2021. A abstinência de viagens está grande. Essas paisagens são lindas

  3. Cintia Caciatori says: 23/05/2020 at 14:52

    Ah que saudades desse mar lindo! Sou doida pra conhecer Jeri! Seu post ficou muito bom, deu muito mais vontade de conhecer agora! Já salvei aqui pra seguir o roteiro quando eu for pra lá! Espero que seja breve!

  4. sonia pedrosa says: 23/05/2020 at 15:03

    Ainda quero passar um mês inteiro de férias no Ceará para aproveitar todas essas belezas que você descreveu tão bem!
    Parabéns pelo blog.
    Grande abraço,
    sonia pedrosa @existe_um_lugar

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">html</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*