O que você está procurando?

Manaus me surpreendeu positivamente com restaurantes incríveis, a maioria com um mix de gastronomia contemporânea e comidas/ingredientes locais, como tucupi, tambaqui, banana pacovã, tacacá, pirarucu, cupuaçu, jambu, tucumã, tapioca, taperebá (cajá)… e mais um monte de nome que eu tive que anotar, porque já tava confundindo peixe, pimenta e até fruta, hehehe.

Segue a lista com os meus restaurantes favoritos na capital amazonense:

Caxiri

O Caxiri fica no centro de Manaus, com vista privilegiada para o Teatro Amazonas.

Ele abre para o almoço e jantar e, de todos os restaurantes que eu fui na cidade, foi o que eu achei mais lindo, com muitas plantas, muito verde, pé direito alto…

Tudo isso somou com a gastronomia sensacional e um atendimento bem simpático, mesmo com o restaurante cheio.

Entrada

Iscas de pirarucu fresco empanada em tapioca, com banana frita, acompanhadas de aioli de chanana e pimenta murupi (R$36).

Prato principal

Nhoque de banana & puxuri ao pesto de jambu, ora-pro-nóbis, feijão-de-metro, castanha fresca e crocantes de uarini (R$ 54). Nesse prato o queijo coalho é opcional.

Costela de tambaqui na churrasqueira com mil folhas de banana, feijão verde, aioli de tucumã e farofa de castanha com especiarias amazônicas (R$72).

Os nossos pedidos estava espetaculares! Recomendo muito esse restaurante, que virou um dos meus favoritos em Manaus.Mais informações

  • Endereço: Rua 10 de Julho, 495 – Centro, Manaus;
  • Funcionamento: de terça-feira a sábado, das 11h30 às 15h e das 19h às 23h; domingo das 12h às 14h; segunda-feira das 11h30 às 15h;
  • Mais detalhes aqui.

Bistrô Fitz Carraldo

O Bistrô Fitz Carraldo também fica no centro de Manaus, dentro do Villa Amazônia, um hotel lindo na rua lateral do Teatro Amazonas.

Eu gostei muito de todos os restaurantes dessa lista, mas se eu tivesse que escolher apenas dois, com certeza seria o Caxiri (acima) e o Fitz Carraldo, pelo conjunto que eu adoro: ambiente, comida e atendimento de qualidade.

Entrada

Dadinhos de tapioca com chutney de cupuaçu (R$ 25). Que combinação deliciosa!

Drink

Pedimos o gin & cupuaçu (R$32), com gin, limão siciliano, cupuaçu e água com gás.

Prato principal

Lombo de pirarucu ao pesto de castanhas com purê de batata doce (R$ 51).

Matrinxã na grelha com purê de banana pacovã e vinagrete de uiarini (R$ 54).

Sobremesa

Cheesecake de cupuaçu com calda de chocolate (R$28).

Mais informações

  • Endereço: Rua 10 de Julho, 315 – Centro, Manaus;
  • Funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 12h às 15h e das 19h às 22h30; sábado e domingo, das 12h às 16h e das 19h às 22h30;
  • Mais detalhes aqui.

Banzeiro

O Banzeiro é um dos restaurantes mais famosos de Manaus e inclusive abriu recentemente uma unidade em São Paulo.

Em Manaus ele fica localizado no bairro Nossa Senhora das Graças, a uns 10 minutos de carro do centro da cidade.

Entrada

Formiga saúva e espuma de mandioquinha (R$ 16).

Formiga? Sim! Essa entrada é super famosa e, para minha surpresa, eu gostei! Claro que não é o tipo de coisa que eu pediria sempre, mas vale a pena para experimentar.

Sabem do que a formiga tem gosto? Capim-limão! Fiquei cho-ca-da!

Prato principal

O Banzeiro tem pratos individuais e pratos para duas pessoas, mas que algum servem até três. Nós estávamos em três pessoas e optamos por pedir dois pratos:

Pirarucu Amazônico (R$119),  filé de pirarucu grelhado coberto com banana pacovã e queijo coalho, acompanhado de arroz com brócolis e batata sauté.

Pato no Tucupi (R$ 118), coxa e sobrecoxa de pato com tucupi, acompanhado de arroz branco

Eu gostei muito do primeiro prato, inclusive foi uma das melhores coisas que comemos durante a viagem. O pato estava bom, mas eu preferia ter pedido só o peixe + algumas outras opções de entradas.

Mais informações

  • Endereço: Rua Libertador, 102 – Nossa Senhora das Graças, Manaus;
  • Funcionamento: de segunda-feira a sábado, das 11h30 às 15h30 e das 18h30 às 23h30; domingo das 11h30 às 16h, das 19h às 22h;
  • Mais detalhes aqui.

Moquém do Banzeiro

O Moquém do Banzeiro é o irmão mais novo do Banzeiro.

Ele fica localizado na Galeria Cristal, ao lado do Shopping Manauara, no bairro Adrianópolis. Do centro até lá dá + ou – 10 minutos de carro.

Drink

Pedimos um drink muito bom: Moquém gin infusionado com especiarias da Amazônia, calda de capim santo e notas cítricas (R$ 25).

Entradas

Dessa vez optamos por pedir apenas as entradas:

  • Croquete de tambaqui com queijo (R$ 20, 4 unidades). De-li-ci-o-so! Sensacional!
  • Iscas de pirarucu empanadas com farinha do uarini, acompanha creme de tucupi com pimenta baniwa (R$ 25);
  • Cogumelos enoki, castanha fresca e tucupi defumado (R$ 32).

Sobremesas

Suflê de cupuaçu com calda de brigadeiro (R$ 20), que é a queridinha da casa. Uma delícia o contraste dos sabores!

E a melhor sobremesa dos últimos tempos: bolo de macaxeira, cumaru e coco fresco (R$ 14). O bolo estava quentinho, maravilhoso! O garçom comentou que o cumaru é como se fosse a baunilha da Amazônia.

Mais informações

  • Endereço: Av. Jorn. Umberto Calderaro Filho, 455 – Adrianópolis, Manaus;
  • Funcionamento: de segunda-feira a sábado, das 11h30 às 23h30; domingo das 11h30 às 22h;
  • Mais detalhes aqui.

Tambaqui de Banda

O Tambaqui de Banda é um restaurante super tradicional de Manaus, que fica ao lado do Teatro Amazonas, no centro da cidade.

Entrada

Pastel de tambaqui e pastel de queijo coalho  (R$20, 6 unidades). Estavam deliciosos!

Prato principal

Moqueca caboca (R$ 40), que ganhou o prêmio Brasil Sabor 2016.

A moqueca é feita com cubos de pirarucu salmorado e salteado no óleo de urucum (substituindo o azeite de dendê), cozido no leite de castanha do brasil com vegetais regionais assados na brasa.

O restaurante é ótimo, mas se eu tivesse que dispensar algum dessa lista, seria esse.

Mais informações

  • Endereço: Rua José Clemente, 596 – Centro, Manaus;
  • Funcionamento: todos os dias, das 11h às 23h.
  • Mais detalhes aqui.

PLUS: Padaria LindoPan

A padaria LindoPan fica no centro de Manaus e foi uma indicação do guia que nos levou para Presidente Figueiredo.

Foi lá que experimentamos o famoso x-caboquinho (R$ 10,50), um sanduíche tradicional feito com pão francês, banana pacovã madura frita, tucumã e queijo coalho. Uma delícia!

Para acompanhar, pedi um suco de taperebá (cajá).

Mais informações

  • Endereço: Rua Silva Ramos, 2616 – Centro, Manaus;
  • Funcionamento: de segunda-feira à sábado, das 5h30 as 21h20; domingo das 5h30 às 13h e das 15h30 às 21h20;
  • Mais detalhes aqui.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">html</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*