O meu roteiro de 21 dias pela Itália

Demorou pra eu começar a série de posts sobre as minhas férias na Itália, mas a verdade é que é tanta coisa incrível que eu não sabia por onde começar.

A escolha

Antes de marcar as minhas férias de 2017 eu estava bem em dúvida entre Espanha e Itália. Já visitei algumas cidades dos dois países em 2010/2011 (na época do intercâmbio em Dublin) e sempre tive muita vontade de voltar.

Não precisa muito pra se apaixonar por esses países, mas 3 lugares me fizeram optar pela Itália: o Lago di Braies (região de Dolomites, quase na divisa com a Áustria), Lampedusa (uma ilha que pertence a Sicília, a menos de 100km da África) e o Fiordo di Furore (Costa Amalfitana). Claro que eu também queria ir em 8734239 lugares, mas esses eram os que eu mais tinha expectativa. E claro que a Espanha tem diversos lugares incríveis, mas essa foi a vez da Itália.

Lago di Braies – Dolomites

Lampedusa - Itália

Fiordo di Furore – Costa Amalfitana

Lampedusa - Itália

Lampedusa – Sicília

Lampedusa - Itália

O roteiro

First things first: o roteiro. Não foi fácil! Não foi fácil porque a Itália é um país pequeno, tudo é perto e circular por ele é muito fácil. Resumindo, não foi fácil descartar destinos – a vontade era explorar toda a Itália.

Embarquei no dia 14 de setembro, cheguei na Europa dia 15 a noite e vou começar a contar o roteiro a partir do dia 16. O meu voo de volta foi no dia 7 de outubro, mas a programação acabou dia 6, ou seja, foram 21 dias inteiros de Itália, pasta, pizza, vinho e gelato. De paisagens surreais, praias paradisíacas, montanhas, cidades grandes e vilarejos fofos. 

Day by day

  • Roma: 16 – 20 de setembro, 4 dias inteiros. Clique aqui ler sobre. 
  • Lampedusa: 20 – 23 de setembro, 3 dias e meio.
  • Roma: 23 de setembro à noite  (apenas para dormir)
  • Costa Amalfitana: 24 –  27 de setembro, sendo 2 dias e meio em Amalfi, Positano, Ravello, Fiordo di Furore e um dia em Capri.
  • Capri: 25 de setembro (day tour)
  • Veneza: 27 – 30 de setembro, sendo que cheguei 27 a noite e saí dia 30 cedinho, 2 dias inteiros (com direito a Burano).
  • Dolomites e Lago di Braies: 31 de setembro (day tour)
  • Verona: 30 de setembro – 1 de outubro, sendo que cheguei dia 30 a noite e fui embora dia 1 de tardezinha (quase 1 dia inteiro)
  • Florença: 1 – 4 de outubro: cheguei dia 1 de outubro a noite e fomos embora dia 4 no final da tarde. Além disso, fizemos um day tour pela Toscana, ou seja, 1 dia e meio na cidade.
  • Val d’Orcia (vinhedos): dia 3 de outubro (day tour por Pienza, Montepulciano e Montalcino).
  • La Spezia/Cinque Terre: 4 – 7 de outubro, sendo que chegamos dia 4 a noite e fomos embora dia 7 de manhã cedo. La Spezia foi a cidade-base para conhecermos Cinque Terre (Monterosso, Vernazza, Riomaggiore, Corniglia e Manarola).

Nos próximos posts vou contar um pouco mais sobre a minha experiência em cada um dos lugares e vou linkando os conteúdos aqui! Stay tuned! 🙂

8 thoughts on “O meu roteiro de 21 dias pela Itália

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *