Pinto Bandeira | Vinícola Valmarino

Quer saber quase tudo sobre o Vale dos Vinhedos (e arredores)? É só clicar aqui e conferir o meu post anterior.

Como eu comentei no post sobre a Cave Geisse, Pinto Bandeira não faz parte do Vale dos Vinhedos, mas eu gostei muito da região e indico as duas vinícolas que conheci por lá. Afinal, nem só do Vale dos Vinhedos vivem os vinhos do Rio Grande do Sul, né?

Como chegar

No post sobre a Cave Geisse eu expliquei mais ou menos como chegar. Pra ler é só clicar aqui.

Como eu também comentei lá, em muitos trechos o celular não funciona, então eu indico baixar o mapa offline antes.

A vinícola

Eu nunca tinha ouvido falar sobre a Valmarino até que a Juci, do querido blog Casa Baunilha, fez um post bem lindo sobre o lugar.

O nome da vinícola é uma homenagem aos antepassados da família Salton, que tem origem em Cison Di Valmarino, na província de Treviso – norte da Itália. Orval Santon, fundador da Valmarino, tinha parentesco com a Vinícola Salton, mas as duas nunca tiveram relação comercial.

A vinícola, que é relativamente nova (foi fundada em 1997) e atualmente conta com 16 hectares, produz 200 mil litros por ano de vinhos e espumantes.

Vinícola Valmarino

Visita e degustação

A vinícola é pequena, sem visita guiada e sem tanta “estrutura” como outras que vimos, mas isso tem o seu charme, né? Fora que o atendimento foi exclusivo pra gente e extremamente atencioso!

Vinícola Valmarino

Vinícola Valmarino

A degustação é gratuita. Primeiro a Lindiane (que foi quem nos atendeu) nos apresentou todas as opções de espumantes e vinhos, depois escolhemos o que mais tínhamos interesse em experimentar (ou seja, quase todos haha) e depois sentamos em um balcão para iniciar a degustação.

A Lindiane foi ótima e nos deu uma explicação bastante clara e completa sobre cada rótulo. Inclusive foi ela que nos explicou sobre o “Altos de Pinto Bandeira”, a Denominação de Origem que a região está para receber (comentei mais sobre isso no primeiro post).

Vinícola Valmarino
Vinícola Valmarino

Começamos pelos espumantes e degustamos 7 rótulos.

Da esquerda pra direita: Brut Prosecco, Brut Rosé, Brut, Nature, Extra Brut Tinto e dois Nature da linha Valmarino Churchill.

Assim como na Geisse, eles também usam o método tradicional de produção, o Champenoise.
Vinícola Valmarino

Gostei bastante do Nature (da linha Valmarino) e da linha Brut, em especial o Rosé.

Vinícola Valmarino

Depois partimos pros vinhos! Acabamos só experimentando os tintos.

Foram 4 rótulos: Sangiovese, Merlot, Cabernet Sauvignon e o Cabernet Franc.

Vinícola Valmarino

Gostei de todos, mas os meus favoritos foram o Sangiovese e o Merlot. ♥

Vinícola Valmarino

 Vinícola Valmarino

Acabamos levando o espumante Brut Rosé, o Sangiovese e um Bag in Box Cabernet Sauvignon de 3l da linha Tre Fradéi, que são aquelas caixinhas com uma torneirinha – super prático!

Ah! E tivemos muita sorte: nós não agendamos previamente, mas chegamos na hora certa, entre um grupo e outro. De qualquer forma, vale a pena fazer a reservar através do site.

Adorei a visita e já quero voltar para experimentar os vinhos brancos! Achei o lugar bastante aconchegante, tranquilo e a degustação foi maravilhosa!

Endereço: Linha Jacinto Sul, Lote Rural 01, Pinto Bandeira – RS

Mais informações aqui. | Loja online aqui para comprar os produtos aqui.

10 thoughts on “Pinto Bandeira | Vinícola Valmarino

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *