Turistando em Chicago | Parte 1

Quer saber quase tudo sobre Chicago? No post anterior eu escrevi várias dicas e informações sobre a cidade. Pra ler é só clicar aqui.

A ideia era escrever em um único post tudo o que eu conheci nos dois dias que fiquei em Chicago e também o que eu gostaria de ter visto. Mas eu me empolgo e tem muitas fotos, então dividi em 3 partes.

Vem!

Riverwalk

O Riverwalk é tipo um calçadão que acompanha o rio. Tem como fazer passeios de barco, water táxi e até de caiaque! O lugar é bem agradável pra caminhar, curtir a arquitetura e os cafés. Um dos principais pontos, que é esse aí da foto abaixo, é na Michigan Av.

Infelizmente eu não conheci Chicago com sol, num dos dias tava a maior neblina e no outro nevou o tempo inteiro, mas já vi fotos em que o Chicago River estava com uma cor maravilhosa, uma coisa meio verde esmeralda.

Chicago

Chicago

Chicago

Eu nunca imaginei citar Trump aqui no blog, mas ignorando totalmente qualquer opinião sobre o assunto, eu não queria deixar de dar a dica do Terrace At Trump, um rooftop maravilhoso nesse prédio da foto aí de cima. A vista de lá é incrível – e infelizmente eu não fui. Mais informações e fotos aqui.

Willis Tower | Skydeck

Antigamente era conhecida como Sears Tower e até 2014 foi considerado o prédio mais alto da América do Norte com seus 108 andares e 442m de altura. Depois surgiu o One World Trade Center, em Nova York, com 104 andares e 541m de altura.

O observatório Skydeck era um dos lugares que eu mais queria visitar em Chicago! Ele fica no no 103º andar desse prédio e tem 412m de altura. Pra subir até lá tem que pegar dois elevadores e logo na entrada, no térreo, eles já te avisam sobre a visibilidade lá de cima. No dia que eu fui a visibilidade era zero e se eu resolvesse subir eu não tinha como reclamar depois e pedir o meu $ de volta. Mesmo assim eu fui, era o meu segundo e último dia na cidade – sendo que no primeiro nevou muito.

Nas fotos abaixo dá pra ver que eu não consegui avistar nada da cidade e do lago, enxergava apenas de uma “sacada de vidro” pra outra. A única vantagem é que que o lugar tava vazio, sem filas e turistas, hehe.

Chicago
No 103º andar, olhando pra baixo

Chicago

Endereço: 33 South Wacker Drive. 

Ingresso para o Skydeck: US$ 23 adultos, US$ 15 crianças (de 3 a 11 anos). Preço especial para grupos.

Mais informações aqui.

John Hancok Center | 360º Chicago

O John Hancok Center é um pouco mais baixo que o Willis Tower e fica quase no lado oposto. Ele tem 344m de altura, 100 andares e fica bem próximo do Lago Michigan.

O mirante do John Hancok é o 360º Chicago e permite uma visão incrível da cidade – quando não tem neblina.

Chicago

Quando cheguei lá a visibilidade era zero e pra ter certeza disso eu subi até o restaurante The Signature Room, que fica no 95º andar do mesmo prédio. Pra subir até lá não precisa pagar nada e tem muita gente que fica apenas curtindo a vista do restaurante e não vai até o observatório. Sinceramente? A vista é a mesma! Eu tava muito empolgada pra ir no 360º Chicago por um único motivo: o Tilt.

Eu achei isso incrível e fiquei louca pra ir, mas infelizmente a visibilidade era zero e eu comprovei isso pela vista do restaurante e do banheiro que tem dentro desse restaurante.

A foto abaixo é de uma das recepções do prédio (essa aí é a da entrada pela rua lateral).

Chicago

Fui até o John Hancock em três momentos diferentes, mas não rolou. Fica pra próxima, né?

Ingresso: Adultos (mais de 12 anos) US$ 20, crianças (3 a 11 anos) US$ 13. Menores de 3 anos não pagam.

Endereço: 875 North Michigan Avenue

Mais informações sobre o John Hancock Center aqui e sobre o 360º Chicago aqui.

Endereço e horários aqui.

Cindy’s Rooftop

Outro lugar que proporciona uma vista incrível da cidade é o Cindy’s Rooftop, um restaurante que fica em um prédio bem na frente do Millennium Park. Não tem como errar: no térreo dele tem um Shake Shack. No post sobre comer e beber em Chicago eu vou contar mais sobre o lugar. Chicago

Endereço: 12 South Michigan Av.

Navy Pier  

O píer foi construído em 1916 e na época ele servia como local de armazéns industriais, garagem de barcos de carga e atividades culturais. Durante a Segunda Guerra Mundial o lugar a Marinha assumiu o comando e durante um período o píer ficou fechado pra reformas e reabriu com diversas atrações.

O Navy Pier conta com o Chicago Shakespeare Theatre, cinema, oferece passeios, restaurantes, lojas e outras atrações.

Chicago

Chicago

Eu conheci o píer a noite e achei a vista linda!

Uma superdica é ir de dia e conhecer o Crystal Gardens, um lugar maravilhoso que fica dentro de uma estrutura de vidro.

Endereço: 600 East Grand Av.

No próximo post tem mais dicas. 🙂

2 thoughts on “Turistando em Chicago | Parte 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *