Gramado | Josephina – Parte II

Em abril do ano passado eu fui pra Gramado com uma amiga e fiquei encantada com o Josephina. Na época eu escrevi um post bem completo sobre o bistrô (pra ler é só clicar AQUI) e eu tinha certeza que voltaria lá quando fosse pra Gramado ou Canela.

No final de agosto desse ano eu fui visitar um casal de amigos que tinha se mudado pra Canela (love u, guys! ♥) e jantamos no Josephina. Os meus amigos pediram risoto e eu pedi o Filé ao Molho de Nata (R$ 52), que vinha acompanhado de batata ‘hash brown’ (tipo uma batata suíça).

Josephina

A foto não está das melhores porque foi com o celular, mas o prato tava delicioso! E como se ainda não bastasse, pedimos uma canequinha de brigadeiro para dividir. ♥

Nesse dia eu reparei que alguns ambientes tinham mudado um pouco desde a primeira/última vez que eu estive lá, mas acabei não tirando mais fotos da decoração.

Josephina

Em meados de novembro eu voltei pra serra gaúcha. Fui com a minha família para Gramado e almoçamos no Josephina logo no primeiro dia.

Tudo no cardápio parece uma delícia e chega a ser difícil escolher um único prato. A minha cunhada e eu fomos de Nhoque de Batata Parisiense, com presunto parma, aspargos, cogumelo e nata (R$ 46). Para beber eu pedi uma taça do vinho da casa (R$ 12).

Josephina

dsc05014

A minha mãe pediu o Filé ao Molho de Framboesa com Risoto de Gorgonzola (R$ 61), que foi o que tinha pedido na primeira vez que estive lá.

Josephina

E o meu irmão pediu o Filé a Parmegiana, acompanhado de batata corada e arroz de ervas (R$ 58).

Josephina

Tava tudo tão maravilhoso que acabamos voltando pra almoçar no dia seguinte, domingo.

Depois de muita dúvida eu escolhi o Filé ao Molho de Framboesa e o meu irmão pediu o Nhoque (tem foto desses dois pratos aqui em cima).

A minha mãe pediu a Posta de Salmão em Crosta de Ervas, com molho cointreau e risoto negro (R$ 62), que eu salivei só de olhar. Tava muuito bom!

Josephina

E a Ju, minha cunhada, pediu o Entrecot, que vem acompanhado de farofa, aipim cozido com alho poró na manteiga, chimichurru e geléia de pimenta (R$ 47).

  Josephina

Como já comentei no primeiro post, o ambiente é muito agradável e o atendimento foi impecável.  Gosto, recomendo e já quero voltar.

Update

<p style=”text-align: justify;”>Fiz um bate e volta em Gramado e Canela no mês passado (junho de 2018) e acabei indo no Josephina. Como eu já tinha almoçado, passei lá pra comer uma sobremesa.</p>

<p style=”text-align: justify;”>Pedimos um waffle com doce de leite e eu não lembro o preço, mas acho que era algo em torno de R$ 20 e pouquinhos. Ele é bem grande e com bastante cobertura, então dá tranquilamente pra dividir. </p>

Pra ler o post com mais fotos e detalhes é só clicar AQUI.

Endereço: Rua Pedro Benetti, 22. Gramado – RS

2 thoughts on “Gramado | Josephina – Parte II

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *