Quase tudo sobre Cambará do Sul

Comecei a escrever um sobre a minha viagem para o Cânion Fortaleza, mas me dei conta que é tanta informação que achei melhor dividir em mais posts.

Existem vários cânions na região nordeste do Rio Grande do Sul e os mais conhecidos são Churriado, Malacara, Itaimbezinho e o Fortaleza.

Os dois últimos são os mais turísticos/visitados e foram os que eu conheci – e vou falar por aqui.

First things first, a cidade referência para iniciar os passeios é Cambará do Sul.

Cânion Fortaleza
Sinalização no Cânion Fortaleza

Como chegar

Cambará do Sul faz divisa com São José dos Ausentes, Jaquirana, São Francisco de Paula (todas no Rio Grande do Sul) e Praia Grande (Santa Catarina).

Partindo de Porto Alegre são aproximadamente 240km e a viagem pode ser feita por diferentes caminhos. Eu optei por ir pela RS 116 + RS 239 + RS 020 (Canoas, Sapiranga, Taquara e São Francisco de Paula) e voltar por Osório.

Também tem como ir de excursão partindo de Porto Alegre ou ir de ônibus regular até Cambará e de lá comprar o passeio separado até os parques.

Quanto tempo ficar

Tanto da primeira, quanto da segunda vez que eu fui eu fiz um bate e volta. Dependendo do objetivo pode ser puxado, já que no total são umas 6h de viagem (ida e volta) e os parques podem ter longas caminhadas. Eu fui 2x e em cada uma delas eu explorei um dos parques/cânions. Achei tranquilo porque saímos bem cedo de Porto Alegre e não percorremos todas as trilhas. A ideia era curtir o clima do lugar.

Mas se eu fosse de uma cidade mais distante e/ou quisesse conhecer os dois parques numa única viagem eu dedicaria um final de semana inteiro ou até mesmo um feriadão de três dias.

Quando ir

Os parques ficam abertos o ano inteiro. Tem muita gente que chega nos cânions e não enxerga nada por causa das nuvens – e dizem que no verão as chances disso acontecer são maiores. Eu fui em julho desse ano para o Fortaleza, mas não tava muito frio. Tinha bastante vento, mas o dia estava lindo e com ótima visibilidade. Foi muita sorte!

Eu não indicaria ir com tempo instável ou que tenha chovido muito recentemente. Digo isso tanto pelas trilhas quanto pela estrada de chão batido de Cambará do Sul até os parques.

Vale a pena chegar cedo pra ter mais chances de pegar tempo bom e ficar o máximo que der nos parques. Eles fecham cedo, por volta das 17h (exceto no verão), mas a luz do final da tarde é linda.

Hospedagem

Nunca fiquei hospedada lá, mas tenho muita vontade de conhecer o Parador Casa da Montanha,  a Pousada Cafundó e a Morada dos Canyons. Os três lugares são lindos e dependendo da época é preciso fazer a reserva com uma boa antecedência. Spoiler: preparem o bolso!

Onde comer

Não tem restaurantes ou bares nos parques e, além disso, não vi opções de lugares legais pra comer no centro de Cambará do Sul. Acho que deve ter algumas opções legais mais afastadas, mas não conheço nenhum.

A minha dica é fazer um pic nic! 🙂

O que vestir e levar

Vá com roupas e calçados leves, confortáveis. Mesmo no verão é bom ir com um casaquinho ou jaqueta corta-vento.

Leve água, repelente e coisas práticas pra comer.

Os parques

Tem como conhecer os dois no mesmo dia? Até tem, mas é muuuuito corrido e não vai dar pra ver quase nada. A estrada para os parques não é a mesma e o chão batido não facilita o deslocamento.

// Parque Nacional Aparados da Serra

O Cânion do Itaimbezinho fica localizado no Parque Nacional Aparados da Serra. Partindo de Cambará do Sul é preciso pegar a RS 494 e até lá são + ou – 18km.

O parque é aberto a visitação de terça à domingo, das 8h às 17h, mas tem horário limite pra chegar. Durante o verão o parque fica aberto até mais tarde.

O valor do ingresso é algo em torno de R$ 8 e tem isenção para crianças e idosos. O estacionamento é uns R$ 5 por veículo.

O parque tem bebedouros e banheiros, mas não espere grande coisa.

// Parque Nacional da Serra Geral

O Cânion Fortaleza fica localizado no Parque Nacional da Serra Geral. Partindo de Cambará do Sul pela CS 012 dá + ou – 23km. Os 9km finais da viagem são de chão de batido e com muitas pedras e dificilmente você conseguirá fazer o percurso acima de 10km. Caso o seu carro seja muito baixo é indicado contratar uma 4×4 ainda em Cambará (ou em uma das pousadas) pra chegar até o parque.

Os dias e horários de visitação são iguais ao do outro parque: de terça à domingo, das 8h às 17h. Durante o verão também fica aberto até mais tarde.

Não é cobrado ingresso e nem estacionamento.

A única estrutura que tem é um banheiro precário na entrada no parque.

Importante: é proibido acampar, fazer fogueiras e levar bichos de estimação em qualquer um dos lugares.

Telefones úteis

Parques: (54) 3251.1277 | 3504.5289 | 3251.1262

Casa do Turista: (54) 3251.1320

Secretaria Municipal de Turismo: (54) 3251.1557

One thought on “Quase tudo sobre Cambará do Sul

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *