Houseboat em Amsterdam

Já comentei em algum outro post que há quase há um ano eu comprei uma passagem pra Europa no impulso. Vi que o Melhores Destinos publicou uma promoção da KLM e fiquei tentando algumas datas, até que consegui comprar pra fevereiro/março de 2015 a passagem Brasília – Amsterdam – São Paulo por R$ 534 COM as taxas. Quase surreal!

Em poucos dias estudei sobre cada um dos destinos pra definir quantos dias eu ficaria em cada cidade. O próximo passo foi ver as passagens internas + hospedagem, que é geralmente a parte que mais pesa com relação as despesas.

Hospedagem em Amsterdam não é algo barato e lembro que quando fui com alguns amigos no verão de 2010 nós pagamos € 45 a diária por pessoa num hostel com quarto compartilhado pra 10 pessoas. Ok que era alta temporada, mas é caro. Pra ter uma ideia, paguei menos de € 10 pra ficar num hostel muito top em Praga, com quarto compartilhado pra 4 pessoas, piso aquecido e várias outras coisas legais.

Mas voltando ao assunto…

Esse ano eu resolvi ficar 4 noites/3 dias em Amsterdam. Quarto privativo em hostel não tava barato, quarto compartilhado não era uma opção e eu já tinha decidido que queria ficar em Jordaam (já fiz post sobre o bairro aqui).

Não encontrava muita coisa no Airbnb e tava cogitando usar o Hotwire – aquele site que busca hotéis “no escuro” de acordo com o bairro, preço e avaliação. Uma amiga que indicou e acho citei ele no post de Jordaam.

Eu já tava quase bookando um hotel no escuro quando achei uma casa-barco no Airbnb. Eu já usei Airbnb em Nova York, Santiago do Chile, Paris e Londres e sempre tive ótimas experiências (quero fazer um post sobre isso depois). Entrei em contato com a proprietária e fechei com ela uns dias depois – foi a melhor decisão.

Chegamos em Amsterdam numa segunda-feira por volta das 23h e tinha combinado de encontrar a proprietária na frente do houseboat pra ela entregar a chave e me explicar um pouco sobre o funcionamento da casa. O nome dela é Tanneke e ela foi extremamente querida, nos recepcionou com vinho, cerveja, queijo, pão, chás e geléias. ♥

Logo que cheguei tirei fotos por dentro, enquanto ainda estava arrumado. A casa era um ambiente só com armário/prateleiras, sofá-cama (super confortável), mesa, cadeiras, tv, wifi, ar condicionado e cozinha. A única coisa que não ficava nesse ambiente era o banheiro, que eu acabei esquecendo de tirar foto, mas era ótimo, o maior de todas as hospedagens durante essa viagem (excluindo o do hotel que ficamos em Bruges, que postei aqui).

houseboat Amsterdam

houseboat Amsterdam

houseboat Amsterdam

houseboat Amsterdam

houseboat Amsterdam

houseboat Amsterdam
Aquela porta no canto direito é a de entrada do barco e antes de subir os degraus tinha uma porta (a esquerda) que era o banheiro.

Tudo funcionava perfeitamente e a hospedagem foi extremamente aconchegante.

Uma coisa que adoro quando alugo apartamento durante uma viagem (ou barco, nesse caso), é que você tem espaço e privacidade para fazer refeições. A ideia não é passar a viagem cozinhando, é claro, mas eu adoro ir em supermercados quando viajo, descobrir novos ingredientes, bebidas e comidas. Dessa forma a gente tem liberdade pra tomar um café da manhã legal (lembrando que em hotéis ele nem sempre está incluído), comer alguma coisa durante a noite, etc… E se você tem preguiça ou não gosta da função, tem muitas farmácias e supermercados que vendem coisas prontas – congeladas ou frescas – que são deliciosas.

houseboat Amsterdam

houseboat Amsterdam

houseboat Amsterdam

houseboat Amsterdam

Amsterdam é cheia de canais e é comum encontrar por lá hotéis, restaurantes, bares e museus dentro de diferentes tipos de barcos – alguns se movem, outros não. O nosso era “fixado” na água e nem chegava a balançar. A entrada era feita por um mini trapiche que partia da calçada.

houseboat Amsterdam

Mesmo tendo ficado numa localização ótima e perto de tudo, o canal que ficamos (Marnixkade) era super tranquilo, sem barcos turísticos passando e o único barulho que eu escutava era dos patinhos.

Eu nunca tinha entrado numa casa-barco, mas adorei a experiência e indico muito! Me senti a little bit dutch por alguns dias. ♥

5 thoughts on “Houseboat em Amsterdam

  1. Olá Sophia, qual o nome da houseboat que vc alugou? Estou nessa saga aqui para alugar houseboat e gostaria da sua ajuda .

    Abraços

      1. Obrigada pelo retorno, mas vamos em 3 pessoas. Vi que só dá 2 pessoas. Enfim, permaneço na saga da procura.

        Grande abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *