Disneyland Paris

Sempre tem alguém que pergunta: vale a pena ir na Disneyland Paris? Sou suspeita pra falar, mas acho que depende muito de cada um, de cada estilo de viagem e de cada budget.

Mas vamos falar da parte prática, que talvez ajude na decisão:

Como chegar

– A Disneyland Paris fica afastada do centro da cidade, mas é bem tranquilo chegar lá de trem (RER). É só pegar a linha vermelha (A), sentido Marne-la-Vallée/Chessy e descer na última parada. A estação fica bem na frente dos parques, não precisa nem atravessar a rua ou algo do tipo.

– Eu subi na estação Charles de Gaulle Étoile, no Arco do Triunfo, e demorei uns 40 minutos pra chegar até lá.

– O preço da passagem varia de acordo com a distância. Eu paguei uns 15€ ida e volta. Vale a pena comprar os dois trechos juntos pra não ter que enfrentar fila depois que os parques fecham.

Ingressos

– Essa é a segunda vez que visito Paris e também é a segunda vez que vou na Disneyland Paris (antes se chamava Euro Disney). Na primeira vez eu comprei o ingresso na hora e consegui desconto através de um voucher que tinha dentro de um mapa da cidade – desses que são distribuídos nas estações de metrô e pontos de informação. Dessa vez eu comprei antecipado pela internet e imprimi o ingresso em casa. Vi que dessa forma saía mais em conta e evitava filas. Eu só achei a opção promocional enquanto navegava na versão francesa do site da Disney, porque se eu mudava a língua para português ou inglês, não aparecia o combo por esse preço. De qualquer forma, qualquer um pode comprar o ingresso – não só os franceses. A navegação é bem fácil e intuitiva, não tem muito mistério.

– Em março desse ano (2015) eu paguei €60 por “1 dia, dois parques“. Acho que se você vai até lá, vale a pena comprar o ingresso pros dois parques, até porque não tem muita diferença de valor. A modalidade que eu comprei dava direito a usar o ingresso apenas durante os dias de semana (exceto feriados), no prazo de um ano a partir da data da compra.

– Se você não quiser comprar o ingresso antecipado pela internet, você pode comprá-lo na loja Fnac aqui em Paris. Ele vai sair mais barato do que se você comprar na bilheteria dos parques. A única regra, tanto pra internet quanto pra Fnac, é que você não pode usar o ingresso no dia da compra.

Sobre os parques

– São dois parques, o Disneyland e o Walt Disney Studios. Eles são bem próximos, tipo 2 minutos de distância caminhando. Além deles tem um ambiente com praça de alimentação e lojas (aliás, lojas com souvenir temáticos não faltam por lá). Também tem um resort dentro da Disney e quem se hospeda nesse hotel tem acesso ao parque em horários exclusivos. Não faço ideia de valores, mas no site tem tudo explicado.

Walt Disney Studios

– Os parques são pequenos e rola visitar os dois no mesmo dia, mesmo com chuva, sol, frio e neve (o meu caso nas DUAS vezes que eu fui). Se você for com criança a história muda um pouco e acho que é melhor reservar mais tempo, principalmente se for inverno.

– Você pode sair e entrar nos parques quantas vezes quiser, só é preciso guardar o ingresso e apresentar toda vez que mudar de um pra outro.

– A decoração é impecável. Quando eu fui em novembro era tudo temático de Natal e nessa última vez a decoração era primaveril. A primavera é a próxima estação deles e uma das mais aguardadas, já que o inverno geralmente pega pesado com o pessoal aqui.

Decoração natalina (novembro/2010)

disneyland paris

Disneyland Paris

Disneyland Paris

Disneyland Paris

Decoração primaveril (março/2015)

disney

disney

disney

disney

Comer & beber & comprar

– Os restaurantes ficam bem cheios na hora do almoço, com filas e filas. Eu não quis investir tempo e dinheiro pra almoçar por lá e acabei indo no McDonald’s. Não li depoimentos sobre os restaurantes, mas acho que é aquela coisa de pagar caro por algo que não vale o preço, meio pega-turista.

– Mesmo com o frio que tava hoje eu vi pessoas fazendo pic nic por lá. Levar algum lanche pode ser uma boa opção.

– Pode ter certeza: durante todo o parque você vai encontrar 1) muitas lojas temáticas e 2) quiosques com coisas pra comer e beber. Pra aguentar o frio eu tomei chocolate quente.  Ele custava 5,49€, mas pagando 8,99€ você tinha direito a uma caneca + dois bolinhos. Os bolinhos eram bem ruins, mas valeu pelo chocolate quente e pela caneca, né? Até porque dessa vez eu não pirei na loja de souvenirs, como fiz da outra vez.

disney

Atrações

– Pra mim, o castelo é o que mais chama a atenção e, junto com o Mickey (meu favorito), são os ícones que mais representam a Disney.

Disneyland

Disneyland Paris Sophia Disneyland Paris Castelo

– Tudo é bem pensado e cuidado, não vemos fiação de um lado pro outro, não vemos caminhões descarregando mercadorias, tudo acontece underground e acho que isso faz com que você se desligue da vida real e tenha uma experiência mais completa.

disney

Disney

– Acho que, no geral, os parques têm mais brinquedos infantis e opções mais adultas. Eu amei dois, o Rock ‘n’ Roller Coaster, do Aerosmith e The Twilight Zone Tower of Terror. DE-MAIS!

Disney

The Twilight Zone Tower of Terror

– Os principais brinquedos têm filas, mas uma coisa boa é o fastpass, que serve pra você  agendar o horário que deseja ir em uma determinada atração. Tem algumas regrinhas, então é bom se informar sobre.

– Também é divertido encontrar as celebs. Da outra vez eu tirei foto com o Buzz, Baloo, Pato Donald e com o Sulley. Dessa vez tirei com o Woody e com o Mickey. Uns fofos! ♥

personagens disney

Geral

– Nas duas vezes que eu fui tava beeeeem frio. Fui uma vez em novembro e outra vez agora, em março. O mais engraçado é que mesmo sem previsão, nevou nas duas vezes – e acho que tornou tudo mais mágico, além de frio, MUITO FRIO!

– Falando em frio: se você for no inverno, vá com roupa confortável, quente, mas em camadas. Faz muito frio nos parques, mas nas lojas e restaurantes o aquecedor bomba.

– O horário de funcionamento dos parques varia de acordo com a época do ano. No inverno ele abre às 10h e fecha às 19h. Às 17h30 tem um desfile de encerramento que dura alguns minutos e depois, quando escurece, as luzes do castelo acendem. Durante o dia também rola alguns desfiles.

disney

disneyland paris

disneyland paris

disneyland paris
disneyland paris
disneyland paris

disneyland paris

disneyland paris

disneyland paris

disneyland paris

Resumindo

Já vi muita gente criticando os parques de Paris por serem pequenos comparados aos de Orlando. Realmente, eles são pequenos (não sei quantas vezes menor que um de Orlando porque nunca fui nos parques de lá), mas acho que são propostas diferentes. Como eu comentei, fui duas vezes e gostei muuuuuito!

Sei que é complicado pra quem tem pouco tempo pra conhecer Paris, mas vale a pena colocar na balança e pensar com carinho. Pra mim foi uma experiência inesquecível e fiquei com mais vontade de conhecer os parques da Disney de Orlando!

Obrigada Mickey & galerinha! Au revoir!

disney

3 thoughts on “Disneyland Paris

  1. Nunca fui nos parques, mas vejo que o grande barato de visitar esta Disneyland, especificamente, é que você vê tudo que tem pra ver, se diverte, ou melhor, se encanta, e quando sai, veja só, você está em Paris! hehehehe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *