Ilha do Campeche em Florianópolis

Quem me conhece sabe que eu não sou uma pessoa fã do verão, mas eu amo praia.

No início do ano passado (2014) uma amiga me deu a dica da Ilha do Campeche, em Florianópolis. A praia é um combo que me conquistou logo que eu vi as fotos: tranquila, com a areia fina e água super transparente.

Coincidiu que eu tinha programado viajar pra Florianópolis algumas semanas depois e eu não pensei duas vezes: fui conhecer a ilha.

Como chegar

Até onde eu sei, existem três formas de chegar na ilha:

  1. Bote com motor: parte da praia do Campeche. Essa opção é a mais rápida, demora 10 minutos, mas funciona apenas na alta temporada. Além disso, eles trabalham de acordo com o tempo. O dia que eu fui estava nublado e não tinha nenhum bote na praia.
  2. Escuna: oferecem lanches, tem música e passeiam um pouco antes de chegar no destino final. Ele parte da Barra da Lagoa e demora + ou – 1h30min pra chegar na ilha.
  3. Barco: com capacidade pra  10 – 15 pessoas. O trajeto é feito pela Associação dos Pescadores da praia da Armação. Ele parte de um trapiche (da praia da Armação mesmo) e demora mais ou menos 30 minutos para chegar até a ilha. Eu escolhi essa opção e é a única que eu sei dizer o preço. Pagamos R$ 60 por pessoa, ida e volta. Quando eu fui era alta temporada e tinha barcos de 30 em 30 minutos, com saídas entre 8h e 14h.
Praia da Armação | Barco para a Ilha do Campeche
Praia da Armação | Barco para a Ilha do Campeche

Quando entramos no barco, um instrutor deu as informações sobre o colete salva-vidas, comentou brevemente sobre a ilha e falou que voltaríamos todos no mesmo barco que estávamos indo, ou seja, memorize o nome do seu barco.

Sobre a ilha

  • A Ilha do Campeche fica localizado no sul da Ilha de Florianópolis, na frente da praia do Campeche (é possível avistá-la de lá).
  • O local é uma reserva ecológica.
  • Não existe hospedagem lá. Você obrigatoriamente vai e volta no mesmo dia.
  • Existe um número máximo de visitas por dia Se for alta temporada ou final de semana, aconselho ir cedo.
  • A faixa de areia tem tipo 1km, é estreita, com areia fina e clara.
  • Além de curtir a praia, você também pode fazer mergulho ou trilhas ecológicas (as duas opções são pagas).
  • Você só pode ficar 4h na ilha. No início eu achei ruim, mas é um bom tempo pra conhecer o lugar e aproveitar a praia.
  • A ilha não tem trapiche, você desce do barco com uma escadinha ou pulando na água.
  • Assim que você desembarcar, um monitor irá explicar sobre as regras da ilha
  • Na ilha tem apenas 2 bares. Eles são bem simples e o preço é ok.

Quando cheguei na ilha estava nublado e o monitor que nos passou as instruções comentou que não rolaria fazer mergulho aquele dia em função da baixa visibilidade. Eu optei por não fazer nenhuma das trilhas e apenas aproveitar o mar.

DCIM101GOPRO

DCIM101GOPRO

IMG_8082

IMG_8083

Eu não queria mais voltar. ♥

Indico muito esse passeio pra quem tiver em Florianópolis ou perto.

Contato para mais informações sobre horários e preços

  • Associação de Pescadores Artesanais da Praia da Armação: (48) 99902 3233
  • Botes da Praia do Campeche: (48) 3338 3160
  • Escunas da Barra da Lagoa: (48) 3232 4019 ou 99693 9826

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *